10 dicas para você explorar melhor a Nova Zelândia
23 de maio de 2019
7 motivos para se fazer intercâmbio depois dos 40
28 de junho de 2019
Exibir tudo

7 rotas de trem para você se apaixonar pela Espanha

A Espanha é um país com muito de tudo: grandes cidades cosmopolitas, arte, história, variedades gastronômicas, praias e montanhas — e a melhor forma de explorar tudo isso é a bordo de um trem. O país possui uma malha ferroviária incrível e é realmente possível chegar em quase todos os cantos sobre trilhos — basta embarcar e apreciar a paisagem.

El Transcantábrico

Esse trem de luxo é quase um hotel sobre trilhos e não é para todos os bolsos, mas vale o preço que se paga. Ligando a cidade de San Sebastián (foto) à famosa cidade de Santiago de Compostela, o trem passa por destinos espetaculares como Bilbao e Santander enquanto percorre quase todo o litoral norte da Espanha, o que garante paisagens espetaculares. No caminho você vai encontrar cavernas, belos edifícios históricos, como igrejas, e belas montanhas.

El Transcantábrico

Foto: Shutterstock

Tren de la Fresa

Conectando Madri a Aranjuez, o Tren de la Fresa, ou Trem do Morango, é um dos mais antigos do país, tendo sido inaugurado em 1851, e uma atração turística ideal para famílias. Saindo da belíssima capital espanhola, o simpático trem viaja por cerca de uma hora e meia até o Palácio Real de Aranjuez (foto), um maravilhoso palácio e Patrimônio Mundial da Unesco. A bordo de vagões da década de 60 e até 20, você ainda poderá provar deliciosos morangos na região, servidos por pessoas com roupas de época. Muitos outros trens turísticos saem de Madri, como o Cervantes e o Tren medieval a Sigüenza.

Tren de la Fresa

Foto: trabantos/Shutterstock

Al-Ándalus

O Al-Ándalus é um dos trens mais luxuosos do mundo. A viagem a bordo de seus vagões dura seis ou sete dias e passa por cidades espanholas emblemáticas como Sevilla (foto), Cádiz, Jerez, Granada e Córdoba, explorando da melhor forma a região da Andaluzia. No pacote, estão inclusas visitas turísticas a lugares como a Mesquita de Córdoba e Alhambra de Granada. O trem é um verdadeiro hotel sobre trilhos e não deixa nada a desejar para as melhores acomodações da Espanha, com bares, salões de música e restaurantes. O único porém é que uma passagem custa mais de três mil euros.

Al-Ándalus

Foto: Shutterstock

Ruta de Los Pazos

Na região da Galícia, a norte de Portugal, a Ruta de Los Pazos está entre as melhores rotas de trem e é imperdível. Ligando a famosa cidade de Santiago da Compostela a Vigo, o valor da passagem inclui outras atividades e garante um dia cheio para você e seus amigos ou família. O trem passa por jardins históricos de Pontevedra, palácios e o castelo de Soutomaior. É um passeio ideal para amantes de história e arquitetura. Aproveite para combinar o passeio com a famosa peregrinação dos Caminhos de Santiago.

Ruta de Los Pazos

Foto: Shutterstock

Tren de Sóller

Na ilha balear conhecida como Maiorca, pertinho da famosa Ibiza, o Tren de Sóller liga a capital, Palmo de Mallorca, a um povoado conhecido como Sóller há mais de cem anos. São trinta quilômetros percorridos a bordo de um simpático trem elétrico com detalhes elegantes que fazem parecer que você voltou no tempo. Nesse percurso, ele passa por belíssimas paisagens, com direito a montanhas, praias e incríveis edifícios históricos, indo de um lado da ilha quase até o outro.

Tren de Sóller

Foto: Shutterstock

Cercedilla a Cotos

O trem que liga o município de Cercedilla à estação de Cotos, na província de Segovia, é ideal para os amantes de natureza. A rota atravessa paisagens espetaculares nas serras madrilenas, incluindo um parque de proteção ambiental e formações famosas como Siete Picos. A linha foi inaugurada em 1923, mas passou por atualizações. O passeio vale realmente a pena, ainda mais considerando que, por não ser um trem exatamente turístico, a passagem não passa de vinte euros, ida e volta. No inverno, você pode conferir até ótimas paisagens nevadas.

Cercedilla a Cotos

Foto: Shutterstock

Cremallera de Montserrat

O trem de Montserrat nasceu em 1982 da necessidade de tornar acessível um santuário para peregrinos que visitavam a região. Hoje, é um simpático trem verde que sobe mais de mil metros de altura, saindo da estação central do município de Ministrol de Montserrat em direção a Montserrat, uma das montanhas mais famosas da Catalunha, onde para dentro do Mosteiro de Montserrat, construído ainda na Idade Média. Nesse percurso, garante vistas espetaculares.

Cremallera de Montserrat

Foto: Alexy Stiop/Shutterstock

 

Fonte: Guia da Semana / Imagem da capa: Shutterstock

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *